COMUNICADO

Oi gente!

É provável que vcs notem que em alguns posts do blog há fotos que não aparecem ou não abrem ampliadas em outra janela. Nós tivemos problemas com a hospedagem dessas imagens, por isso algumas foram perdidas.
Já estamos trabalhando a fim de recuperá-las (temos backup, ainda bem!). O processo levará algum tempo, mas vai dar tudo certo.
Agradecemos pelo apoio recebido até o momento, e contamos com a compreensão de vcs. <3

terça-feira, 31 de março de 2009

Para não dizerem que só falo mal... Contém 1g - Duo Perfect para Sobrancelhas

Eu andei dando azar com alguns produtos da Contém 1g ultimamente. Eu realmente acho que a marca não apresenta uma constância em termos de qualidade, apesar de gostar bastante do fato de ela acompanhar as tendências e ter a iniciativa de oferecer novidades que às vezes só vemos em marcas importadas.

No entanto, tem sim alguns produtos da Contém que eu gosto. E bastante. E o Duo Perfect para Sobrancelhas é um deles.
Esse duo é MUITO legal, e lembra demais o Brow Zings, da Benefit. A diferença é que o primo gringo vem com uma pinça e está disponível em mais cores. E em vez de pincel de duas pontas, traz 2 pincéis separados.


Eu ainda não vi produto semelhante nas marcas nacionais, mas realmente não sou expert no assunto. Se alguém souber, pode indicar por aqui. Sei que o Boticário tem um produto para retoque de sobrancelhas, mas não é a mesma coisa.

Não tenho muitas falhas nas sobrancelhas (quase nada, pra falar a verdade), mas elas sempre ficam com aspecto mais arrumadinho se eu dou umas pinceladinhas pra ajeitar o formato. Sempre preferi o retoque feito com pó, porque acho muito mais leve e natural. Eu tenho HORROR de passar lápis e ficar com aqueles gomos de massa acumulados nos pelos.

Já usei sombras compactas escuras e bem pigmentadas para fazer o mesmo serviço, mas acho que o resultado não é tão bom e natural quanto com o Duo.
Não sei se é só impressão minha, se é por causa da cor, ou se porque o produto é concebido/desenvolvido especialmente para esse fim, e isso gera uma diferença no efeito final. O fato é que eu gosto mais do acabamento que ele me dá.

Eu não sou assim loooooooouca pelo pincel que vem com ele (esponjinha de ponta fina de um lado, e cerdas chanfradas do outro)... Prefiro aplicar com um chanfrado avulso, de cabo maior e cerdas mais firmes, que me dá mais controle. Mas caso seja necessário, ele não faz feio não. Dá pra levar na bolsa e usar numa boa.

O preço é um pouco salgado (cerca de R$ 48,00). Mas caso vc não viva sem corrigir suas sobrancelhas, eu acho que vale o investimento, viu. Vai durar séculos.

É agora que todo mundo fica boneca!

Como eu não leio Elle e Vogue e essas coisas, talvez tenha todo mundo sabido antes de mim, mas eu vi ontem no Diário Oficial (!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!) essa notícia super super interessante. É agora que a gente para de comprar creme importado? Será? O negócio é ficar de olho, esperando isso ser lançado no mercado.

"USP Ribeirão Preto desenvolve pesquisa com látex natural para combate às rugas

Trabalho (em parceria com a iniciativa privada) criou um gel que restabelece a produção de colágeno e que pode estar à venda ainda este ano

As mulheres (e também os homens), em breve, poderão dispor de mais uma arma no arsenal de combate às tão temidas rugas. Pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP) e das empresas Pele Nova Biotecnologia e O Boticário realizaram pesquisa conjunta para o desenvolvimento de um gel antirrugas à base do látex da seringueira, do qual é feita a borracha natural. Eles identificaram, isolaram e testaram uma proteína extraída da seiva bruta da Hevea brasiliensis que, aparentemente, dilui os sinais da passagem do tempo sobre a pele. Teste realizado com 60 mulheres com idade próxima a 50 anos indicou redução de 80% das rugas na região da testa e dos olhos, após quase um mês de uso diário. Avaliação mais ampla, com quase 300 mulheres de Curitiba, levou a resultados próximos. Se correrem sem problemas as etapas finais de desenvolvimento tecnológico e de produção, o novo gel antienvelhecimento, capaz de restabelecer a produção de colágeno e a elasticidade da pele, pode estar à mão de mulheres e homens ainda este ano. 
Sucesso em cães – O estudo sobre o látex da seringueira acontece desde 1994 na USP de Ribeirão Preto. O novo creme representa uma das aplicações mais recentes do produto. O químico Antonio César Zborowski, de uma indústria de borracha natural da região de São José do Rio Preto, dois médicos da universidade, Joaquim Coutinho Netto e Fátima Mrue, criaram próteses de esôfago com borracha natural e as implantaram em cães. Eles concluíram que esse material deveria conter substâncias que estimulavam o crescimento de vasos sanguíneos e de tecidos ao observarem que, depois de quase um mês, os animais expeliam as próteses e o esôfago havia se reconstituído. Os resultados atraíram o interesse da Pele Nova, que licenciou a patente em 2002 e, dois anos depois, começou a produzir a membrana de látex. Seu primeiro uso foi a cicatrização de feridas, principalmente em pés, de portadores de diabetes. É o único uso da biomembrana, chamada comercialmente de Biocure, aprovado pelos órgãos reguladores do governo. “Reconhecemos que não tínhamos competência para cuidar bem de todas as áreas”, conta Marcos Silveira, diretor-presidente da Pele Nova. Ele repassou as tarefas de venda e distribuição para uma empresa especializada em produtos farmacêuticos e concentrou os esforços no departamento de pesquisa e desenvolvimento, instalado em Ribeirão Preto, próximo à USP. Coutinho e Silveira seguiram juntos e concordaram que deveriam encontrar os componentes do látex para evitar que a membrana fosse tratada como uma combinação de ingredientes cujos efeitos não podem ser explicados."

Novidades Duda Molinos

Gente, as meninas do Vende na Farmácia? estiveram na Hair Brasil 2009, feira que tá rolando no Expo Center Norte.

Vale a pena conferir o post delas, que tá cheio de "furos" jornalísticos do mundo da estética, rs.

Eu vou carinhosamente chupinhar uma das informações que elas disponibilizaram, que mucho me interessa: chegam em breve os pincéis da coleção Duda Molinos!

Eu AMO pincéis. E até agora, eu adorei tudo que testei da linha Duda Molinos. Além disso, vejam que bonitões (e super MAC inspired) são os preciosos.


Tá vendo? Tivessem os pincéis do Boticário chegado às lojas na data prometida, eu nem estaria pensando nos pincéis foférrimos do Duda Molinos. (mentira)

Amei a notícia. Só espero que tenham precinho camarada, né.

PS: a foto também é das meninas do VnF.

segunda-feira, 30 de março de 2009

Dermablend Cover Creme - complemento

Sábado eu escrevi sobre minhas aventuras com o Dermablend Cover Creme, e sobre como eu finalmente aprendi a usar o bonitinho. Como algumas pessoas perguntaram, vou dar mais detalhes.

- Pra aplicar, o negócio é ir com paciência e usar aos poucos, com pincel de corretivo. Aos poucos na quantidade colocada no pincel, e aos poucos também nas áreas, fazendo uma parte de cada vez, com jeitinho. Uso o pincel com batidinhas, e não "espalhando". Onde preciso menos cobertura, posso usar bem pouquinho no pincel, em movimentos circulares. Onde preciso mais, batidinhas com o pincel. Só embaixo dos olhos eu às vezes acho necessário dar uma "ajeitada" com o dedo, na velha técnica de usar corretivo, sem passar o dedo esfregando, dá pra entender? (sou péssima pra explicar essas coisas).

- A cor que eu uso é Chroma 0, mas se comprar no Brasil os nomes das cores são diferentes, e tem bem menos cores. Acho melhor comprar fora, tem mais cores e é mais barato que aqui.

- Hoje, depois da descoberta, fui trabalhar com essa novidade no rosto, e minha colega de sala, que me vê todo santo dia, o dia inteiro, me perguntou logo que me viu o que eu tinha de diferente. Olhou, olhou e olhou muito mesmo, antes de chegar à conclusão que eu tinha feito um peeling! XD

- Tem mais! Não sai na roupa, e é à prova d'água (sai com sabonete ou demaquilante).

Como aquelas fotos eram meio ruinzinhas, de celular, fiz outras. Ó lá:

Usei o Cover Creme, e depois um tiquinho bem tiquinho mesmo de "finishing veil" incolor (Signature Minerals). A única edição das fotos foi o corte. Retrato fiel.

É isso aí. Espantoso, certo?

;)

Em busca do azul perfeito

Não sei porquê, mas peguei mania de esmalte azul. E sou retardatária, eu sei, porque essa onda é antiga. Mas essas coisas do coração a gente não controla, e eu só me apaixonei pelos azuis agora.

Eu fazia francesinha há anos, e quando queria variar jogava um vinho escuro, um ameixa, etc... Até que outro dia simplesmente enjoei e quis uma coisa diferente. Fui à farmácia e comprei esses 4 esmaltes aí de baixo.

Da esquerda pra direita:

- Azul Royal - Colorama
- Affair - Risqué
- Azulejo Português - Risqué
- Roxo Metálico - Colorama

Eu procurava os azuis, mas acabei gostando dos roxinhos também, já que estão enquadrados na categoria "coisa diferente" em relação ao que eu costumava usar. Vou experimentá-los em breve.

No momento, o problema consiste no fato de que ainda não encontrei o tom de azul que eu imagino na minha cabeça, que é um azul escuro (quase marinho, digamos) cintilante (mas sem glitter). Pode até puxar um pouco pro roxo, talvez.
O mais perto que eu cheguei foi esse Azulejo Português da Risqué, com um pouquinho desse Roxo Cintilante e um furta-cor transparente por cima. Mas ainda não é isso.

Sábado eu dei uma passada no shopping e encontrei um azul bonitinho, puxado pro lilás, da Speciallitá. Acho que se usar puro, vai ficar muito clarinho, meio translúcido. Mas usado como cobertura, vai dar o look cintilante que eu tô procurando. Vou tentar passar ele por cima do Azulejo Português (que na minha opinião tá mais para azul-carbono, mas whatever).

Também comprei esse na Brigette's, tô esperando chegar.


Se alguém souber de algum esmalte azul escuro cintilante, me dá um toque? Se for azul marinho, melhor ainda.

PS: By the way, o esmalte que eu tô usando na foto não é nenhum dos que eu tenho. É o Azul Hortência, com Grace por cima. Eu não curti muito, mas ele me rendeu um elogio no sábado.
[EDIT] Aaaaaaai, é ESSE tom de azul que eu quero! Mas o esmalte usado na foto é japa... :-(

domingo, 29 de março de 2009

Girls' Day Out

Eu sou do Rio e vim morar em SP. Tenho poucas amigas aqui e a Re, que é a mais íntima, mora relativamente longe. Por isso e por causa da correria do dia-a-dia, tinha tempo que eu não saía com uma amiga pra fazer girlie stuff e bater perna. Ontem foi o dia (hello, hora do planeta: eu tava no shopping! Rs).

Tinha tempo que eu tava querendo mudar meu corte de cabelo (praticamente reto, com um leve formato de “U” atrás) e tava sem coragem. Quando a Re me disse que ia cortar o dela e me chamou pra ir junto, me empolguei.

Muito paciente e educado, o cabeleireiro (amei ele) acabou me convencendo a dar uma repicada e fazer umas camadas leves nos meus fios loooooooooongos. Quando viu meu cabelo, avisou que ia cortar seco. Vi que o cara manja… Quem tenta cortar meu cabelo molhado geralmente se arrepende, hehe.

A Re documentou tudo, rs. Eu meio bastante apreensiva:



O resultado (olha a pose, kkkk. Mas é para aparecer o efeito no cabelo, hein.).



Enquanto estávamos no salão, ganhamos mimos de páscoa da Santa Micaela.
Só melhorou ainda mais o astral, né?



Depois, fomos pro shopping. Gastamos dinheiro (claro) e, contentes da vida, paramos para ver perfumes e fuçar, entre outras lojas, os quiosques do Boticário e da NYX.

No primeiro, descobrimos que os pincéis AINDA não estavam disponíveis, e a informação é de que só a partir do dia 10/04, é mole?

No Segundo, fomos SUPER bem atendidas, os vendedores foram bastante atenciosos e não ficaram empurrando nada pra cima da gente. Testei o corretivo em potinho (que é TUDO de bom!!!!) e vários batons. Gostei bastante dos batons também… As cores são bem marcantes e são gostosos de aplicar.
E o que eu achei legal é que eles higienizam o batom antes de vc usar. Uma boa, né? Eu sou meio paranóica e sempre fico com medo de testar o que fica exposto no provador…

Milagre ou não, a gente conseguiu não comprar NADA de maquiagem ontem, apesar de ter gasto um bom tempo vendo as novidades.

Só não resisti a trazer 2 esmaltes fofuchos, de uma marca que eu não conhecia. Um vinho (que a Re diz que é roxo) e um azul, minha nova mania. Eu tô a procura do tom ideal de azul (ainda vou fazer um post sobre isso), e gostei bastante desse.


Eu odeio maquiagem (II)

Domingão, né? Enquanto enrolo esperando uma cliente (pois é, trabalho!), vou colocando aqui umas fotos pra ilustrar melhor meu estilo de maquiagem.

Primeiro, eu de cara limpa (creminhos e protetor solar on, lógico):

Aqui outra com um monte de coisas básicas: Dermablend Cover Creme nas manchas e nas olheiras, Duo Perfect para sobrancelhas da Contém 1g, blush líquido do Boticário, pó finalizador Petal da Signature Minerals + silica powder da Coastal Scents, mascara Supershock da Avon, lip tint 'home made by Renata'. Tudo isso? Éééé, tudo isso só pra ficar assim:

Espero que dê pra ver nas fotos que faz uma tremenda diferença. Depois eu coloco essas coisinhas uma de cada vez. É basicamente isso que eu faço todo santo dia antes de sair de casa.

;)

sábado, 28 de março de 2009

Eu odeio maquiagem (I)

Pois é. Por que eu odeio maquiagem? Porque dá trabalho, eu na verdade queria ter o rosto perfeitinho, acordar já toda corrigida.

Mas eu uso, e bastante. O objetivo da maquiagem, pra mim, é corrigir e realçar. Só! Por isso eu não uso sombras coloridas, nem nada assim, e busco produtos que simulem ao máximo a realidade.

Isso, claro, é muito pessoal. Acho maquiagem fake super lindo, mas simplesmente não em mim. Não rola, eu olho no espelho e acho que não sou eu, sei lá, é algum problema de identidade que eu tenho quando uso maquiagem-pintura.

Bom, então isso explicado, esse é o primeiro post sobre isso, e pretendo colocar outros depois. Sobre coisas que são frutos de muita busca por invisibilidade e discrição na maquiagem. Incrível como isso é difícil de achar!

Lá vai então o primeiro produto que eu gosto: Dermablend Cover Creme.

Eu demorei um tempão pra entender como funciona isso, e quase joguei fora a coisa porque ficava todo esquisito. A textura dele é meio difícil de lidar. Mas os caras desenvolveram esses produtos exatamente pra cobrir e disfarçar manchas muito radicais, então eu resolvi dar crédito e continuar tentando. Ainda bem. Acho que nunca mais vou ficar sem isso.

É assim: como ele fica bem invisível no final, e cobre tudin tudin, dá pra usar onde estão as manchas ou imperfeições, e dispensar TOTALMENTE qualquer tipo de base - que, aliás, é uma coisa que eu odeio, esse negócio de base. Então é um item que tem cobertura absurda, mas que dá pra controlar super bem e usar pouco ou muito, conforme precisar, em tudo! Nos olhos também funciona. Não precisa pó depois, nem absolutamente nada. Só isso e pronto! É só saber distribuir o negócio onde precisa, e dosar direito.

As fotos são de celular, então não estão lá essas coisas, mas acho que dá pra ver:

sexta-feira, 27 de março de 2009

Elke - Pó facial

Eu sempre gostei de coisa boa. O que não necessariamente implica em gostar de coisa cara.
Ok, na maioria das vezes até acaba sendo sinônimo, porque uma boa qualidade pressupõe o uso de matéria prima melhor, mais investimento em pesquisa e blá blá blá (tudo aquilo que a gente já sabe), e o preço final acaba subindo.

Mas muitas vezes a gente encontra produtos muito bons, que não são caros. Às vezes por causa do volume de vendas da marca (tipo Maybelline, etc). Outras, vc nem sabe porquê. A marca é desconhecida, a empresa é pequena... Mas faz os produtos com capricho.

Por essas e outras, que eu sou eclética em matéria de maquiagem. Eu testo, e aí dou meu veredicto. Já vi muita coisa de marca "boa" que na verdade achei uma porcaria. E já comprei muito produto "vagabundo" que me deixou agradavelmente surpresa.

Isso dito, eu recentemente testei um produto que poderia (talvez haja quem discorde) ser enquadrado no segundo exemplo. Foi o pó facial da Elke.


Eu estava querendo um pó solto (produto que eu não tinha) para proteger a área embaixo dos olhos, na hora da aplicação das sombras. Eu não precisava de um pó da YSL pra isso, né? Então resolvi arriscar com o da Elke, que custou algo em torno de R$ 17.

Achei a textura muito gostosa, bem suave. O pó é bem fininho e deixou minha pele sequinha, com um acabamento acetinado. Eu não fiquei muito tempo com o pó no rosto, porque o uso que eu quero pra ele não é esse. Mas fiz um teste de uns 40 minutos, mais ou menos, e ele segurou bem o brilho e deixou os poros pequeninhos. A pele ficou um chuchuzinho mesmo.

Só tem 2 "poréns":

1. A embalagem até é digna, pretinha, bem simples. Mas a peneira é MUITO vagabinha. Dá até dó. Uma lâmina de plástico molengo, com um dobrinha nas beiradas, pra encaixar no potinho. Quando eu tirei a cobertura da peneira para ter acesso direto ao pó, ela veio junto. Aí quando fui colocar de volta, a beiradinha do plástico amassou e a lazarenta não entrava de volta. Tive que desencaixar ela da cobertura, desamassar a dobrinha, encaixar no pote e recolocar a cobertura por cima.
Nada disso seria necessário se a peneirinha fosse de plástico rígido, né?

2. O cheiro, minha gente. Que coisa enlouquecedora. Eu sei que eu tenho cisma com cheiros, mas esse é campeão (no mau sentido). Olha, só pra vcs terem uma idéia: parece uma mistura de cheiro de penteadeira de p*ta (tá, nunca cheirei uma, mas aposto que vcs pegaram a metáfora) com cheiro de perfume de prenda de festa junina, saca? Brabo. Brabíssimo.
Se alguém da Elke um dia vir esse post: pelamordedels, mudem esse cheiro!!! Ninguém merece...
A boa notícia é que passa rápido. A tristeza é só na hora de aplicar mesmo.

Bem, eu gostei do pozinho, viu? E nem me deixou parecendo um fantasma nem nada (comprei translúcido). Vai me servir de forma excelente.

Uma coisa que eu gostei da Elke, finalmente. Acho lindas as cores dos batons, mas não gosto do cheiro nem da textura deles (ressecam e são e difíceis de espalhar, além de ficarem velhos rápido demais).

quinta-feira, 26 de março de 2009

Como eu não conhecia a Racco? - Sombra Foam

Tô besta. Existia uma marca de maquiagem com produtos bons e baratos e eu nem sabia!!

Estava eu passeando na Liberdade outro dia, por aquelas galerias meio bizarras. Aí passei por uma lojinha daquelas que vendem tranqueiras (chaveirinhos, enfeitinhos, canetas, e toda sorte de inutilidades) e vi umas sombras em caneta na vitrine.

Hm. Cores bonitas. Mas em caneta (coisa complicada que é sombra em creme...), de uma marca que eu não conheço? E por R$ 9,90?? "Deve ser um lixo", pensei.
Mas whatever; tava passeando, me distraindo... E gastar dinheiro com badulaque me pareceu estar inserido no contexto. Então comprei logo duas, uma num tom de rosa antigo e outra de um verde musgo.

A única sombra em caneta que eu tinha testado era uma da Contém 1g, e eu tinha achado uma porcaria. Acumulou na pálpebra em 15 minutos, e saiu rapidinho, por isso odiei. (eu prometo postar alguma coisa boa a respeito da Contém 1g qualquer dia desses).
Então eu estava bem desconfiada. Mas como foi baratinho, encarei como brinquedo.


Quando fui testar, fiquei bem surpresa com a qualidade. A sombra realmente cumpre o que promete. Não acumula na pálpebra, não borra, seca muito rápido e dura bastante!
Ela é um pouco perolada demais pro meu gosro (preferia menos brilho e mais cor) mas é legal pra um look mais sparkly. Também dá uma excelente base pra vc trabalhar com cores mais fortes por cima.

É a verdadeira BBB - Boa, bonita e barata. Eu recomendo MUITO a quem gosta de sombras como eu, e quer ter todos os tons possíveis de cada cor (rs).
Além disso, a aplicação dela é totalmente for dummies: vc espalha com o dedo mesmo, não tem como errar.

O mais bizarro é que depois que testei a sombra que fui catar a marca. Encontrei algumas meninas falando bem do lápis da Racco, dizendo que é macio e fixa bem.
Se tiver a mesma qualidade das sombras, não tenho dúvidas de que seja isso tudo mesmo.

Eu tô besta de me dar conta que nunca tinha ouvido falar nessa marca. Nem sei onde encontrar para comprar. A lojinha fuleira onde consegui meus achados só tinha aquelas, filhas únicas de mães solteiras...

Firulinhas

Algumas novidades no blog: 

  • Agora temos emoticons nos posts (não nos comentários... Sorry).
  • Temos busca direta ali na coluna da direita. -->
  • Temos uma barrinha de somar calorias pra vc acompanhar sua dieta (lá no finalzinho, embaixo de todos os posts).

Se alguém notar algum problema (como por exemplo demora no carregamento de páginas, fotos, vídeos) ou algum glitch, favor avisar, sim? ;)

Brigadinha! :k

[EDIT] Uia, que legal. Já surge o primeiro bug... Os emoticons não estão mais entrando (até o post passado, estavam). Vamos ver como isso se comporta até o final do dia. de repente, essa novidade já roda antes mesmo de emplacar. 
:)

[EDIT 2] Bom, é isso aí... Não deu. Fiquei o dia inteiro procurando isso na net, achei trocentos scripts diferentes, com trocentos tipos de emoticons diferentes. Testei todos... Um funciona, mas deixa o blog lerdo que só. Os vídeos levam séculos para aparecer, e eu acho que não compensa. A maioria não funcionou, e o outro que eu tinha conseguido fazer funcionar, parou assim que eu fiz um post novo.
Acho que,como temos muitos gadgets na barrinha lateral, dá conflito. Oh well, paciência. Melhor ter uma busca, imagens, a opção de assinar o feed e links para os tags do que ter emoticons, certo?
Se um dia o blogger deixar de lado essa cretinice de não adicionar emoticons para a gente poder parar de fazer gambiarra, eu volto a pensar no assunto. Até lá, 2 novidades de 3 não tá tão ruim assim... :o)
 
 

quarta-feira, 25 de março de 2009

Quem gosta de pinups levanta a mão

\o/

Deu até vontade de comprar um biquíni de bolinha amarelinho... :D






 

Aplicando corretivo mineral

Gente, eu nem vou chamar este post de tutorial, certo? Primeiro porque eu não tenho moral pra isso (hehe), segundo porque é só uma dicazinha.

Pelo que andei vendo, corretivo mineral é uma coisa meio assim: ou vc ama, ou odeia. Tem gente que se dá super bem com ele, tem gente que simplesmente não consegue usar. Quem está no último grupo, geralmente reclama que ele marca as linhas de expressão, ou que fica "cakey" (com aquela cobertura grosseira estilo pancake).

Nas primeiras vezes que tentei aplicar, também não gostei do resultado. Ficou muito fake, com aparência pesada. Eu tinha usado um pincel de corretivo pequeno, e tinha passado o pincel vindo da ponte do nariz em direção ao canto externo do olho.

Maquiagem é aquele negócio... Vc tem que descobrir o que funciona pra vc. Existem algumas diretrizes básicas, que em teoria deveriam ajudar/facilitar a sua vida. Mas nem sempre a gente se adapta e aí acaba inventando nossa própria maneira de fazer alguma coisa. O que importa é o resultado. Se deu certo, tá tudo jóia.

Depois de algum tempo insistindo, eu cheguei a uma forma de aplicar que funciona, o que mudou totalmente a minha opinião inicial sobre o produto:


Primeiro quadro: olho ao natural (Yikes!). Por coincidência, eu resolvi fazer as fotos num dia em que meu olho estava SUPER inchado. Foi legal que pelo menos dá pra ver que o corretivo realmente faz diferença.
Com um pincel de corretivo um pouco maior, eu dou leves encostadas na área que eu quero cobrir (leves mesmo. Se pressionar um pouco mais, a cor "gruda" no lugar e não espalha).


Consigo uma aparência mais natural se fizer a mesma coisa com a pálbera de cima, pois o corretivo mineral tira o brilho da pele e não faz sentido ficar com a parte de baixo fosca e a de cima brilhando.
Depois, eu espalho com o dedo (não são "batidinhas"... Espalho passando o dedo em direção ao canto externo do olho).


Comparando o resultado.

Parece super besta explicar isso, mas eu nunca tinha usado maquiagem mineral e quando fui catar em fóruns em inglês, não vi ninguém nem pensando em sugerir usar os dedos.
Vi várias sugestões de pincéis diferentes (como um kabuki para a área dos olhos), ou dar batidinhas em vez de espalhar (espalhar é considerado quase um pecado em se tratando de corretivo...).
Pra mim, só funcionou desse jeito. Se eu usar o pincel só com as tais batidinhas, acumula muito produto, fica tudo nas dobrinhas dos olhos e eu fico com aparência de máscara.

Esse corretivo é bem legal. Ele tem uma cobertura leve, mas disfarça bastante as olheiras e as diferenças de coloração. Vc pode usá-lo também em sardas ou manchinhas no resto do rosto. Por tirar totalmente o brilho e ter partículas difusoras de luz, ele consegue uma boa camuflagem apesar da cobertura suave. E o efeito em fotos fica muito bom, justamente por causa disso.

Às vezes vc consegue uma ótima correção de cor com um corretivo tradicional, mas quando vai ver uma foto, a área ao redor dos olhos está brilhando ou dá a impressão de ser bem mais clara, apesar de não ficar assim ao vivo (no meu caso, isso acontece muito com iluminadores).

Acho que pra quem tem pele muito oleosa como eu, o corretivo mineral é uma boa opção, principalmente pro dia-a-dia.

Se vc não quiser finalizar com uma base também mineral, vc pode aplicar um pó ou um veil para tirar o brilho do resto da face e igualar o efeito matte.

Obs 1: O corretivo usado nas fotos é o Apricot, da Signature Minerals. Ele é cor de pêssego, que eu acho uma cor excelente para disfarçar olheiras.
Obs 2: As fotos estão sem manipulação... Esse olho horrível, inchado e de aparência cansada é o meu mesmo, depois de uma noite mal dormida. rs

Celebrare? Onde???

Ontem fui ao Boticário do Conjunto Nacional, na Avenida Paulista, para ver de perto os pincéis da nova coleção.

Quando fiz o pedido, a mocinha me levou para ver uns pincéis velhos e I-M-U-N-D-O-S que estavam no mostrador.

Eu: _ Não, querida... Eu quero os novos pincéis da linha Celebrare.
Ela: _ Ah, os pincéis ainda não chegaram...

Saí da loja PUT* da vida, por ter ido até lá à toa.

Na boa, pra quem fez um baita estardalhaço na imprensa, anunciando a chegada da linha às lojas no dia 23 (e não é que como se eles tivessem tido pouco tempo para organizar esse lançamento), eu acho uma falta de respeito com o consumidor - que está tendo que esperar há dias, depois de ter sido atiçado pela campanha de marketing - dar um furo desses. Afinal, não é como se a loja ficasse numa cidadezinha pouco acessível do interior, né? É Avenida Paulista, caramba.

Fiquei tão passada que desencanei. Vou comprar o que eu quero na Coastal Scents mesmo, dane-se O Boticário. 

Por que brasileiro não consegue fazer NADA no prazo?

terça-feira, 24 de março de 2009

Não riam...

Mas me empolguei e resolvi participar do meu primeiro concurso de make na blogosfera. Pra quem não sabe, há vários blogs que, de tempos em tempos, promovem concursos com prêmios bem legais para as vencedoras.

Pelo menos em todos que eu acompanhei da arquibancada até agora, a escolha sempre me pareceu justa, levou quem mereceu mais mesmo. Então, resolvi entrar. Não só porque me pareceu divertido, mas também porque o prêmio é MUITO bacana:


Eram 2 looks sugeridos, um verde e um neutro. O verde era o principal, por isso o prêmio era melhor e há premiação para o 1º e 2º lugares.
Como eu AMO look verde nos olhos, optei por esse. Levei um susto com quantidade de meninas que participou: tinha, tranquilo, umas 60!!!
Vamos ver que bicho que dá. Tem algumas meninas ali que mandaram muito bem, vai ser difícil escolher.

Depois de ver as montagens, eu cheguei à conclusão de que deveria ter mandado os 2 olhos em close, ao invés de apenas um. Acho que chama mais a atenção para o resultado final.
Eu também não tenho aqueles Bette Davis' Eyes, sabem como é? Então, de olhos abertos, a maquiagem não aparece tanto assim. Por esse motivo, eu posso até carregar na sombra, mesmo se for escura, que o visual acaba ficando mais para o discreto.

Acho lindo demais pálpebras grandes e profundas como as de Sharon Tate e Catherine Deneuve, rola uma inveja básica. Mas se até a Gisele Bündchen pode ser top com uma pálpebra caída, sinal de que pra tudo tem jeito, né?




 

segunda-feira, 23 de março de 2009

Tutoriais de maquiagem

Nossa, não é super legal a quantidade de informação que a gente tem hoje em dia à disposição, com um simples clique do mouse?

Lembro que, quando comecei a me interessar por maquiagem, eu fazia muita coisa só na criatividade, e na base da tentativa e erro. Não só por falta de informação (eu tentava captar os looks das revistas, ou pegava dicas com primas mais velhas, ou as amigas do colégio), mas também porque a gama de bons produtos na época era muito mais limitada. Não existiam tantas marcas nacionais legais, nem se tinha acesso às marcas importadas tão facilmente.

Tem muita gente que acha que não leva jeito para maquiagem. Ou porque não é um "talento natural" que na primeira tentativa já sai por aí parecendo capa de revista maquiada pelo Duda Molinos, ou porque não gosta de visuais muito chamativos, e por isso acredita que não deve/pode se maquiar.

Há tantos produtos bons, leves e discretos que podem ser usados para uma maquiagem natural e corretiva! Vc continua sendo vc mesma, com look de cara limpa, só que com pele perfeita! Alguns produtos inclusive tratam a sua pele enquanto te deixam mais bonita. Então acabou aquele papo de que maquiagem fica over e faz mal, etc.

Eu também adoro sair de cara limpa, sempre me "orgulhei" de ter uma pele boa o suficiente para poder fazer isso (muito embora, com a minha idade, eu já me sinta menos confortável sem pelo menos um corretivozinho leve aqui e ali). Mas em determinadas ocasiões - como entrevistas de emprego e algumas festividades e cerimônias, por exemplo - isso pode ser considerado até um pouco de desleixo. Há também certos empregos que exigem o uso de maquiagem, por mais discreta que seja.

Então, por essas e outras, a Internet foi uma benção e os milhares de tutoriais que existem à nossa disposição vêm bem a calhar. São todos frutos da boa vontade de um monte de pessoas que resolvem dividir com a gente - de graça! - seus conhecimentos, truques e segredos.

Se vcs catarem por aí, vão achar muita gente boa dando dicas. Cada um tem um estilo diferente, e com maquiagem é assim mesmo. Resta a vc ver com quem vc se identifica mais, quais os visuais mais te atraem, quais dicas acham mais usáveis e fáceis.

Entre os tutoriais que eu curto, eu indico:

Ela faz looks bem usáveis, prepara uma boa pele e dá dicas de bons produtos, inclusive sugere genéricos como alternativa. Tudo explicado de forma bem resumida e simples, e com fotos passo a passo.
 

Tutoriais em vídeo, quase sem edição. Ela mostra cada passo da maquiagem, fala dos produtos que usa e faz tudo com bastante calma pra vc acompanhar numa boa. Faz tanto looks naturais quanto alguns mais dramáticos, para noite ou uma baladinha.
Também tem tutoriais separados para assuntos específicos, como: preparação de pele, olheiras, etc.




Ela se concentra mais na área dos olhos, usando bastante sombras coloridas, para quem gosta de brincar com cor. Tudo explicado de forma bem simples, e com ótimas fotos.


Em vídeo. Não só boas dicas de looks, como boas dicas sobre tudo que envolve maquiagem! Quais produtos comprar, reviews, dicas de genéricos mais baratos, como fazer alguns produtos em casa sem gastar muito, truques pra make durar mais... O cara manja muito.
Em inglês.



Esse cara é um inglês discreto e pouco falante (muitos tuts dele são mudos, só com legenda), mas que quando fala, arrasa. Calmo, explica tudo de forma clara, pausada. Ele tem ótimos vídeos com dicas de sombras, base, corretivos, olhos esfumados, etc.
Em inglês.



Esse é o canal no Youtube da Danica, a dona do blog Ask a Makeup Guru, que a Re já postou por aqui. Ela também é maquiadora profissional, e linda demais. Faz tutoriais de looks completos, e também de dicas. Entre os looks, há desde aqueles mais neutros, até os red carpet e étnicos. Bastante eclética, mas tudo sempre meticulosamente perfeito.
Em inglês.




[EDIT] Hoje vi no blog da Marina (primeira menina mencionada aí na lista de tuts) que foi ao ar uma reportagem no Jornal Hoje, da Rede Globo, sobre as blogueiras que fazem tutoriais na net sobre maquiagem, e ela até foi entrevistada. Juro que meu post foi coincidência, e foi motivado por uma dica que a Sylvia me pediu pelo GTalk... Sinistro. rs
 

sexta-feira, 20 de março de 2009

Compritchas de farmácia

Fui à farmácia comprar coisas básicas, como sabonete, band-aid, desodorante e coisa e tal. Não sei vcs, mas eu, TODA vez que vou a uma farmácia, encontro alguma novidade pra fuçar.

Hoje eu tinha resolvido que ia comprar alguma esmalte de uma cor bem diferente, pra sair da mesmice. Sei lá, um azul, roxo, algo assim. Comprei 4: um lilás, um roxão, um azul bem escuro e um azul cintilante. Acho que vao ficar mais bonitos se misturados. Vou testar hoje, mais tarde.
Nessas eu passei pela ala da maquiagem e, claro, fui dar uma olhadinha, né? Tudo sem compromisso, *óbvio*.

Acabei comprando 2 coisinhas muito lindinhas, legais e baratas da Maybelline: um lápis para contorno dos olhos Expert Eyes azul marinho, por 8 dinheirinhos (acho que vai ficar o máximo com a minha Benefit BADgal blue. Pelo menos essa foi a minha justificativa oficial, hehe), e um gloss Water Shine Liquid Diamonds na cor "glamourous pink", por R$ 12!

Eu tenho trocentos glosses, mas quando vi esse, TIVE que (fui obrigada, entendem?) comprar.
Primeiro que, de todos que eu tenho, os da Maybelline realmente têm a textura que eu mais gosto. Duram bastante, não escorrem, têm um excelente equilíbrio transperência X cobertura.
Segundo, que vcs não tem noção de quão louca é essa cor. Vc olha assim, e ela parece um rosinha comum, clarinho, que quando vc coloca fica bem translúcido e tal. Mas quando vc muda de posição, dependendo da luz, o reflexo fica de uma cor totalmente diferente!! Tem horas que dá um brilho violeta, outras dourado, outras até esverdeado (falando assim, parece cafona, mas nem é! É lindo, e super hipnótico)!
Pode falar! Isso é ou não é tecnologia pura???

(dos produtos da Maybelline não rola foto, porque o site da marca é uma bosta, e eu não achei foto do gloss no Google, é mole?)

Além disso, comprei 2 produtinhos da Neutrogena (ô marca boa!): o Deep Clean Limpeza Profunda Controle do Brilho 2 em 1, que além de ser uma espuma de limpeza também pode ser usada como máscara (produtinho obrigatório pra quem tem pele oleosa) e o Ultra Light Contorno dos Olhos, um clareador de olheiras que promete suavizar as bolsas embaixo dos olhos e dar um aspecto descansado e revitalizado ao olhar.
Ouvi maravilhas desse último, então resolvi testar. Nem foi tão caro assim (30 reais).


Bem, essas foram as coisas que eu efetivamente comprei. Vcs nem sabem o que eu não comprei.

Tava assim, de bobeira, passando pelas gôndolas da Avène, da Vichy... Nem tava me empolgando. Aí eu vi, assim no cantinho, umas bisnaguinhas de corretivo da Dermablend (marca da Vichy). Líquido, ultra coverage, 4 cores disponíveis. Hmmmm. Tô sem corretivo líquido. Tenho um em creme, tenhos os minerais em pó, tenho um em bastão, tenho um iluminador. Mas corretivo líquido de cobertura intensa, eu tô sem. Fui testar.

Ai, pra quê? O troço é bom demaaaaaaaaaaaaaaaais. Eu apiquei e fiquei uns 40 minutos permabulando pela farmácia (teria ficado mais, tranquilamente, se o Le não tivesse ligado preocupado, achando que eu tinha morrido) fuçando outras coisas, enquanto esperava pra ver se acumulava, se saía, etc. Nem um acúmulo nas dobrinhas pra contar a história. Fui me olhar no espelho e o bichinho tava lá, perfeito. E minhas olheiras bem mais civilizadas, sem aquele aspecto de máscara.

O que dói é o preço: 79 pratas. Ouch! Mas justiça seja feita... Bastou uma mini mini gotinha pra cobrir toda a áera. Rende bastante. InConformada, resolvi comprar. Foi quando eu vi que não tinham a minha cor em estoque! Rá. Salva pelo gongo. A atendente ainda foi ver se tinha no site, mas não tem. Ela achou em outra farmácia perto, e perguntou se eu queria que reservasse. Não resisti à dizer que sim. Mas resisti a ir até lá, na empolgação. Em vez disso, vim pra casa, dormir em cima da vontade, pra ver se ainda me sinto empolgada amanhã. Um pouquinho de autocontrole, né?

É esse aí, ó:

Corretivo Localizado, FPS 22.

Pior é que eu catei o bichinho em tudo que é lugar na net, e não achei... Será que é tão difícil assim de achar, ou saiu de linha? :S

Contém várias-coisas-nem-sempre-boas


Hora de esculhambar a Contém 1g? Vou até ajudar. Tem coisas boas lá, sim, não digo que não. Mas tem umas boas trapaças. Do tipo que tenta enganar, mesmo, sabe? Por exemplo: aparece no website deles - que aliás é um horror - como o primeiro produto mais vendido o tal "Primer Facial".

Eu comprei isso. Paguei caro e... Bom, não vou perder tempo descrevendo aquilo. Se não fosse branquinho eu ia achar que é cocô.

Não to falando do primer matificante que eles têm, desse eu gosto. Estou falando daquele outro com uma embalagem mais bonita, com pó de arroz e não sei mais o quê.

PASSA LONGE!

quinta-feira, 19 de março de 2009

Palette Lips in Love - Contém 1g

Quando vi essa palette com 12 cores de gloss, me apaixonei. A embalagem é linda demais! Tem um coração de "cristal" na tampa e espelho por dentro. O tamanho é perfeito para vc levar a qualquer lugar.

As cores dos brilhos labiais também são muito bonitas. Da mais clara à mais escura, não tem uma que eu não tenha gostado.

Isso dito, esses são os únicos pontos positivos desse produto. Pra começar, o preço é ridículo: R$ 40,00. Não sei vcs, mas eu acho um absurdo pra 12 "cheiros" de gloss (se vc der uma fungada um pouco mais forte, o gloss acaba, de tão pouco que vem).

Segundo, que eu não gostei da textura dos brilhos. São "duros", não deslizam direito nos lábios. São grudentos e ficam "agarrando", sabe como é? Vc usa muito mais gloss do que precisaria para cobrir o lábio todo (como se vc pudesse se dar a esse luxo, com a quantidade que vem), porque ele não rende e não espalha direito.
Na primeira aplicação, quando o gloss tá novinho, a cor também fica difícil de sair. Parece que tem tipo uma camada invisível protetora, sei lá. Então vc gasta uma quantidade considerável de produto pra "chegar na cor", digamos assim. Mais desperdício.

Terceiro, que o pincelzinho é a coisa mais inútil e vagabunda do mundo. Pequeno (tá, isso não tinha como resolver) e molengo. As cerdas dobram e vai uma pra cada lado. Junte isso com um gloss de textura dura e grudenta e vc vai ver que não serve pra nada. O negócio é usar o dedo mesmo, fazer o quê? E depois ter que ficar com o dedo besuntado de um gloss grudento. Saco, isso.

No geral a minha avaliação é que o produto é bonitinho (ok, lindo) mas ordinário. Não compraria de novo nem ferrando.

O curioso é que a Contém 1g varia muito de qualidade de um produto para outro. Ao mesmo tempo que tem produtos excelentes, tem uns que até deixam a gente confusa.

Se vc quer uma boa palheta de batom, melhor ficar com essa (clique aqui pra ver). Aí não tem erro, pode fechar os olhos e ir tranqüila. Nota 10. E é da mesma marca. Vai entender.

quarta-feira, 18 de março de 2009

Nota de agradecimento à Lalá

Lara é minha amiga desde a quinta série, quando nos conhecemos aos 10 anos de idade. Desde então ela atura meus atrasos, minha bobeira, meus micos e minha chatice com lealdade e carinho tocantes, e faz parte da minha vida como se minha irmã fosse.
Quando vim pra São Paulo, um pedacinho do meu coração ficou no Rio com ela e com outros que eu também amo.

Eu mal vejo a menina por causa da distância, a gente às vezes fala por telefone, e mais freqüentemente por e-mail. Aí quando ela me diz que vai fazer uma delícia de bate e volta de uma semana em Miami, o que eu faço (além de desejar uma ótima viagem e pedir muitas fotos)? Lá vou eu encher a pobre de encomenda, coitada. Que ela recebeu na maior boa vontade, inclusive.

Eu pedi uma base Dream Matte Mousse Maybelline na cor que eu achava que era a minha (só 5 cores são comercializadas no Brasil e nenhuma me serve), um blush em mousse também da Maybelline, um duo de corretivo da Physicians Formula e um kit de pincéis que eu catei no site da Wallgreens às vésperas de ela viajar.
De posse das instruções em inglês cheias de nomes esquisitos e especificações que ela provavelmente nunca tinha ouvido falar, e com fotinhos de referência enviadas via e-mail, lá se foi ela na sua missão.

Ainda teve tempo de me enviar um e-mail durante a viagem pra dizer que não estava encontrando o corretivo, apesar de já ter ido a vários lugares (olha o que eu fiz com a menina!). Lógico que falei pra ela desencanar. Tô me virando muito bem com os que eu tenho aqui, queria ter mais esse porque o meu antigo tá acabando e corretivo nunca é demais. Mas pô, não é nenhuma necessidade que valha perder dias de Miami, com certeza!!! Fiquei até preocupada que ela não ficasse tranquila enquanto não achasse, torci pra ela deixar pra lá.

Ela chegou e levou as comprinhas para a minha mãe no Rio, que ficou de me enviar. Minha mãe só foi colocar tudo no correio ontem, e as coisas chegaram hoje.

Nossa, eu suuuuuuuuuuper amei tudo! Os pincéis são a coisa mais maravilhosa e cuti-cuti do mundo, eu tô absolutamente in love com eles!

O kit custa em média 10 dólares, mas não deixa nada - e eu digo NADA - a desejar em comparação pincel de 20 que eu comprei outro dia. Todos os pincéis são super macios e bem densos! E com a vantagem de terem um ótimo tamanho para levar na bolsa ou em viagens, e virem com uma bolsinha.
Só pra ter um mimo a mais, são ecológicos: cabo de bambu, ferragem em alumínio reciclado, cerdas cruelty free e bolsinha de cânhamo e algodão.


Olha o baby kabuki que coisa fofa. Não dá vontade de morder?


O blush, eu confesso que fiquei meio decepcionada quando vi. Não era o blush em mousse que eu havia pedido, era em pó. Nada sério, claro, eu nem esperava que ela fosse encontrar tudo. Afinal, ela estava lá para se divertir e não pra ficar fazendo compras pra mim. Mas é que eu sou pentelha exigente pra burro, e achei que ia ser um blush como outro qualquer.
Só digo o seguinte: se ela tivesse trazido em mousse, talvez eu não tivesse gostado tanto!! A cor é perfeita, a textura melhor ainda. A-m-e-i.

A base é exatamente da cor que eu queria. Já conhecia a textura e a cobertura e sempre achei um ótimo produto. Mas era muito frustrante não conseguir o meu tom. Como faz diferença uma base na cor certa, gente. Tô no céu.


Gostei tanto de tudo que tirei até fotinho do meu focinho em close pra vcs verem a cor da base e o pincel. Tô tão contente que nem tô ligando pras minhas olheiras nessa foto. Hoje tá tudo lindo.

Lalá, só vc mesmo! Obrigada e muitos, muitos beijos!!!

Túnel do tempo

Em homenagem à Maga e suas lembranças de infância, vou fazer um mini flashback do que andava nos lábios das meninas nos anos 80.

Além, é claro, do malfadado batom magenta atômico (que era hit total), os batons mostrados a seguir também fizeram muito sucesso:

  • Brilho Moranguinho, Avon
Foi um dos primeiros glosses que eu tive, se não o primeiro. O lado vermelho é transparente, o lado rosinha cintilante. Lindo mesmo ficam os 2 misturados.
Existe uma réplica meio sem marca que se encontra nessas lojas baratinhas de maquiagem e acessórios.
Mas esse da foto é meu, e é o da Avon mesmo. Comprei num revival que eles fizeram há alguns anos e tenho até hoje. Ainda está bom, continua com um cheirinho delicioso e gosto normal.
Uso de vez em quando. :-)


  • Batom 24 horas (também conhecido como Hulk)
Esse era o tal do batom invisível que ia aparecendo aos poucos na boca, depois de aplicado. E era verde. Não só a embalagem, o batom mesmo que era verde. Na boca ficava um rosa maravilha, meio carmim. Horroroso, mas toda menina tinha um. Geralmente, vinham do Paraguai. Tinha sempre alguém que conhecia uma sacoleira que vendia o Hulk.
Já vi muitas pessoas dizendo que ele deixava a boca ressecada e irritada. Não me lembro de nada assim... Mas já fiquei horas desfilando de boca borrada e parecendo o Coringa, porque não via o que estava fazendo na hora de aplicar, pelo fato de ele ser invisível. E o melhor: não saía nem com reza firme.
Qual a finalidade de um batom verde, invisível, de cor feia e que não sai? Nenhuma, né? Pois é. Foi um baita sucesso.


  • Batom Boka Loka
Quem viveu nos anos 80 que não lembra do estilista Victor Valentim da novela Ti Ti Ti? Esse batom foi uma estratégia de marketing interessante e, até onde eu saiba, inovadora na época. O personagem da novela criava uma linha de batons que deixavam os homens loucos para beijar as mulheres. Aproveitaram para trazer o batom da ficção para a realidade e para as adolescentes que acompanhavam o sucesso da novela.
O batom real, não só não era mágico como o da novela (hehe), como era bem vagabundinho. E as cores eram super chamativas. Eu tive um que era roxo batata cintilante.


  • Batom Grape da Avon
Desse eu não consegui foto. Pelo menos não de como ele era na época, já que aparentemente ainda faz parte do catálogo da Avon, embora de uma linha mais moderna.
A embalagem era verde, com ranhuras verticais. E a cor era o que na época se chamava de uva, e estava bem na moda (desde calças, vestidos, sapatos, bolsas, até - claro - maquiagem). Mas na verdade, ele era um rosa bem forte, ligeiramente puxando pro violeta.


Para as saudosistas, as masoquitas, as curiosas ou as loucas mesmo, uma excelente notícia!

Sabe quando vc se pergunta "COMO eu posso ter continuado vivendo sem um batom 24 hs?" e acha que a vida foi um grande vazio desde os estertores dos anos 80?
Pois é, vc não precisa mais sofrer! Parece mentira, mas o seu querido batom 24 hs ainda existe para vender! Não é incrível?

Não deixe de comprá-lo aqui.

Óleo Essencial Alfaparf - ampola


Pra quem não me conhece, meu cabelo é liso e fino. Mas recentemente, comecei a fazer luzes para disfarçar os malditos cabelos brancos que começam a nascer. E lá se foi o equilíbrio dos meu fios quando meu cabelo deixou, para todos os fins práticos, de ser virgem.

Ele sempre foi bastante oleoso, mas agora está oleoso E ressecado (se é que algo assim é possível). E aqueles shampoos para cabelos mistos nunca diantaram de nada para mim.

Então, a solução é lavar frequentemente com algum shampoo suave, que é menos adstringente, mas agride menos também. E - claro - manter o cabelo hidratado.

Eu tinha percebido que a escova inteligente também dava uma ajuda no controle dos fiozinhos mais curtos, que com a química ficaram meio eriçados. Então vinha fazendo umas 2 vezes por ano. Só que, na última vez, o cabeleireiro, sei lá porque diabos, meteu uma marroquina nos meus cabelos. 
Cara, como eu ODIEI o resultado dessa escova. Os fios ficaram pesados, grudados, opacos e quebrados. É como se fosse um produto vampiro que sugou toda a vida do meu cabelo. Destruiu mesmo.

Então, comecei uma longa estrada de volta, procurando por produtos que pudessem ajudar na recuperação da minha cabeleira deflorada.

Um dos produtinhos que testei foi a ampola de Óleo Essencial da Alfaparf. Um ampolinha custa entre 7 e 10 reais, e pelo menos pra mim, que tenho cabelos finos e bem longos, ela dura (juro) 2 aplicações.

Eu ainda não sei direito o que pensar, por isso nem vou classificar este tópico como review.
O negócio esquenta ao contato com as mãos/cabelo, o que dá uma sensação muito esquisita... Não curti muito não.
Mas o resultado é legal. O cabelo fica brilhoso, soltinho, macio. E sem ficar empapado (o que por si só já é um fato animador, quando se trata do meu cabelo e tratamentos de hidratação). Só não sei quanto tempo vai durar o efeito. Mesmo que seja necessária uma aplicação por semana, não é o fim do mundo.
Agora, eu detestei o cheiro, com todas as minhas forças. Dá vontade de matar um percevejo no box do banheiro só pra poder sentir outro cheiro que não aquele, sério.
Eu sou bem cismada com odores, por isso quem não for fresca não precisa levar o que eu digo tão em consideração. Mas minhas delicadas narinas se ressentiram desse produtinho ultra fedegoso.
Acho que vou insistir um pouco, ver se o resultado vale a pena.

Entre o nervoso que dá passar aquele troço que esquenta sozinho e o desgosto de deixar meu cabelo fedendo, ninguém pode dizer que não me esforço pra tratar dos meus longos fios.
  

domingo, 15 de março de 2009

Lip Plump Chuck Norris

Alguém comentou aqui que nunca tinha visto um lip plumper que funcionasse. Até mencionei que já experimentei um que parece exatamente como se eu tivesse levado um soco na boca: dá pra sentir inchar e ir ficando esquisito. Não que eu saiba como é levar um soco na boca, mas já caí de cara no chão e sei a sensação que dá; é exatamente a mesma, menos a dor.

Olha só se não dá um medão disso aqui:



(Boa, Maga!)

O gerente de produto da Victoria's Secret fugiu da escola...

 
Só pode, gente. Sério.

Eu tô LOLando das embalagens da nova linha deles de produtos Beauty of Brazil.

CLARO que, quando se fala de "Brazil" lá pelas Zoropa e nos Estêites, a gente já tá careca de saber que não há como fugir dos eternos clichés, certo? Estampa de oncinha, araras coloridas, Amazônia, o pacote completo.
Foda é quando, no pacote, uma marca de renome internacional inclui algo como estampa de ZEBRA, minha gente!


É isso mesmo, acredita? Z-E-B-R-A.
Hahahahahahahahahaha, eu tive que rir quando vi. Quão ignorante tem que ser toda uma EQUIPE, pra não ter sequer um infeliz lá dentro que não saiba que zebras são nativas da África, e não da América do Sul?
E tipo... Se fosse assim muito difícil (afinal, nem todo mundo já olhou um Atlas, deu uma espiadinha no Google Maps ou viu 5 minutos de documentário no Discovery Channel, né?), talvez eles pudessem ter pedido uma ajudinha para a modelo brasileira que foi o rosto da campanha.

Não pude resistir a mandar um e-mailzinho tirando barato dos conhecimentos gerais dos responsáveis pelos produtos. Não sei se vai haver retorno, mas me divirto pensando nas possibilidades da resposta.

Vi a dica aqui.

Lip Palette Sempre - Contém 1g

Quando tive o problema com a base mineral da Contém, acabei trocando-a por 3 produtinhos. Um deles foi a Lip Palette Sempre (existem também a Básica e a Incrível).

Eu geralmente não gosto de batons em outro formato que não bastão. Tenho convicção que esses batons em creme não têm a mesma cobertura de um batom normal. E sei lá, só de pensar em pegar um pincel de lábios me dá uma preguiça danada. Pois é, eu aplico batom direto nos lábios, que heresia... Mas eu acho que assim espalha e cobre melhor. E quer me deixar de mau humor, é só o pincel largar um pelinho no meu lábio, ou então ter que ficar limpando as cerdas pra tirar a cor do batom que eu usei antes (eu sempre me maquio com pressa).

No entanto, eu vou abrir uma exceção para essa palette. Os batons têm cores lindas. São neutras o suficiente para se usar no dia-a-dia e no trabalho, mas não são aquela coisa apagada e sem graça. E, tirando a última cor da direita (um rosinha cintilante), todas têm excelente cobertura.
O pincel é o melhor aplicador para lábios que eu já usei. Tudo bem que eu não usei muitos, mas odiei com todas as minhas forças todos que testei até então, e desse eu gostei bastante. Isso é um ponto a favor dele, certo?

Duraram bastante nos meus lábios, o que não é tarefa fácil (eu acho que inalo o batom, sei lá). E são bem hidratantes, mas não derretem.

Outro ponto positivo é que vc leva várias cores com vc na bolsa, em um compacto só. Eu teria gostado mais se o formato da embalagem coubesse no bolsinho externo da minha bolsa, mas não se pode ter tudo, né? Ainda assim, é bem prática.

Eu recomendo, sabe. Gostei bastante, tenho usado direto.

Signature Minerals - Chegou o resto!

Oi gente! O primeiro pedido na Sig demorou vários dias (quase 20) pra chegar, e eram apenas amostrinhas. Os últimos (pedi na mesma data) chegaram juntos, em 7 dias apenas! E o melhor: sem imposto.

Dessa vez (além do kit de 6 samples em cada pedido) pedi um handy kabuki e um finishing veil translúcido tamanho grande. Separei em 2 pedidos e com isso ganhei um bronzer em cada um, de brinde.
A Cheryl, do atendimento, ainda foi uma fofa e me mandou um pincel de sombra de presente. (L)

Eu realmente fico besta com a qualidade do pincel. É bem denso, as cerdas são finíssimas, além de serem de longe as mais macias que eu já vi em um pincel de maquiagem. E ele não soltou uma única cerda, apesar de eu não o ter deixado em paz, desde que chegou na quinta-feira.
A única coisa que me desapontou foi o tamanho. Ele é pouca coisa maior que o pincel de blush da coleção. Chamá-lo de "kabuki" (que tradicionalmente, é um pincel de dome grande e denso) é meio over.
Mas enfim, nem vou me prender nisso. É um pincel clássico, versátil, e se eu cuidar direitinho, vai durar a vida inteira. E ainda comprei com 20% off. Então, super valeu a pena.

O finishing veil eu já tinha experimentado, então não me surpreendeu. Tinha gostado antes, e agora eu tenho um full size. Yay.

As amostrinhas são uma diversão à parte (eu sou uma sucker por amostrinhas... Fico que nem criança quando ganha bala)!
Eu pedi 8 sombras, 2 corretivos e 2 blushes.

Eu saí ontem à noite e testei o blush Roseberry, que segue a tendência atual: rosado com brilhinhos. Bonitinho.
Com medo da tão falada pigmentação dos blushes minerais, coloquei pouquinho, morrendo de medo. Acabou que achei que fiquei lavadinha, podia ter usado mais. Da próxima vez, avalio melhor.

Das sombras, testei a Emerald. Eu não curto roupa nem paredes/ambientes verdes, mas AMO verde nos olhos. Os tons mais quentes de verde, naturalmente. Eu sou morena, tons frios não ficam bem no meu rosto. Se a roupa for neutra, a maquiagem em tons de verde rules.
Veredicto: adorei a sombra. Ótima pigmentação e fixação. Ficou no olho a noite toda, voltei pra casa com ela tão linda como quando saí.


  • No alto: os pincéis Kabuki e de sombra (que foi presentinho!), os bronzers (que foram brindes), e o finishing veil.
  • No meio: os blushes (roseberry e rose) e os corretivos (apricot e bisque).
  • Embaixo: as 8 sombras. As amostras de sombra vêm em saquinhos (também mostrados na foto), em quantidade menor do que o resto. Mas achei melhor guardar em potinhos, por isso eu os comprei à parte, por 99 cents cada um. Se vc quiser, dá pra comprar a sombra num potinho de amostra, por U$ 2,50.

Fiz swatches das sombras pra mostrar pra vcs. Cada uma mais poderosa que a outra:


Da esquerda para a direita: Aurora, Emerald, Plum Pizzaz, Gold Salmon, Driftwood e Sparkle.

Escolhi essas cores principalmente por causa das 3 primeiras, que achei lindas.
- A Emerald fica ainda mais bonita nos olhos, é minha preferida.
- A Aurora foi meio decepcionante, ficou mais lilás do que azul. No potinho, é azul bem escura. Achei meio blah.
- A Plum Pizzaz tem uma cor maravilhosa, mas eu descobri que não sei usar sombras avermelhadas. Parece que eu tomei um soco no olho. Vou ter que catar uns tutoriais e aprender um pouco.
- A Gold Salmon fica super delicada, muito fofa mesmo.
- A Driftwood fica discreta, apesar do brilho.
- E a Sparkle não tem cor, mas é brilho total. Fica linda como iluminadora. Agora, cuidado ao abrir o pote. Voa brilho pra tudo que é lado, fica tudo cintilante, vc se sente no desenho da Cinderella na hora em que fada madrinha transforma os trapos em vestido. Como o pó é muito fino, a peneira do potinho acaba não barrando direito e quando vc abre a tampa... Tarã!

sexta-feira, 13 de março de 2009

Magenta atômico de novo nããããããããão!!!

Ok, eu sei que vou criar inimigas com esse post. Afinal, estou indo contra uma tendência, e o pessoal todo trendy e descolado vai me achar jurássica, engessada, desatualizada, e todas essas coisas. Bem, fazer o quê? Eu não sou mais cocota mesmo. Tudo bem que eu não tenho pé de galinha nem nada, mas sou balzaca e cada vez mais sigo meus próprios gostos, curto mais os clássicos e me preocupo menos com o que tá super mega in.

Isso dito, eu não sou eremita. Eu acompanho as tendências. Ignoro o que acho exagerado, adoto o que acho legal. E tem muita coisa legal rolando por aí.

Mas pelo amor de Deus: o batom rosa-shocking-pink-magenta-radioativo NÃO é uma delas!!!
Quem foi o LOUCO que tirou essa cor infeliz de batom do túmulo onde ela repousava em paz? Pena capital para o responsável, já.

Olha, os anos 80 foram MUITO bregas. Bandanas, ombreiras, laços de filó no cabelo, gel com glitter, polaina, saia balonê, mini-saia de cotton lycra com scarpin... Putz grila, é muita coisa tosca de uma vez só. E o batom pink-césio figura aí, candidato talvez ao topo dessa lista. Como uma coisa dessas consegue um revival, é de deixar qualquer um perplexo.

Lendo em blogs sobre make pela net, eu acabei sabendo que parte da culpa (pelo menos em âmbito nacional) é da Globo, que adotou o visual pra uma personagem aí (desculpa, não vejo novela. Me re-cu-so). Fui me aprofundar nesse mistério sujo e, catando por informações específicas, consegui descobrir que era a Leticia Sabatella, da novela Caminho das Índias.

Fui ver a foto. Taí:


Vcs que me desculpem, mas não vi nenhuma mudança, adaptação, releitura. É só o mesmo batom, igualzinho, trazido de volta. Continuo achando tosco, e brega.

Sim, eu já usei magenta atômico. Sim, na época eu achava bonito. Sim, eu era brega. Mas pelo menos eu estava no contexto, porque o mundo era brega, a época era brega (e poxa, eu tinha 15 anos. Quanto bom senso tem uma pessoa de 15 anos?).
Eu saía do colégio e ia comprar batom de 3 (Cruzeiros? Cruzados? Cruzados novos?) dinheiros nas Lojas Americanas. E essa era a cor reinante na época. Quem tivesse o batom pink ácido mais fosforescente, tava poderosa (Lara e Renata Sabino, eu sei o que vcs fizeram nos verões passados, e tenho provas do crime em algum lugar).
Aquilo era novidade, não tinha precedente para mostrar pra gente o quanto era ridículo. Senão, a gente não pagaria o mico. Foi preciso uma década de registros fotográficos medonhos para a gente poder sentir vergonha retroativa.

Por que então, num mundo onde qualquer registro visual está à distância de um clique, e onde os filmes da sessão da tarde mostram os horrores em cores vívidas, as pessoas foram permitir que isso acontecesse de novo?
E por que as pessoas tiram barato desse batom nas pobres coitadas flagradas nos anos 80, mas acham que NELAS vai ficar bonito? É mesmo batom, cacilda.

Bem, é isso. Agora chega, se eu insistir no assunto só vou encher o saco de vcs. Afinal, entendo que nem todo mundo possa compartilhar da minha indignação. É isso, tô indignada. Que coisa, né?

Pelo menos desabafei. Prometo que só dou outro piti assim quando relançarem o sutiã de ombreira.

Recordar é viver... Pérolas de tosquice: Luciana Vendramini de paquita, Claudia Raia, Mara Maravilha e Xuxa (A Xuxa era fã da cor mesmo, me lembro bem).
Vê se isso é lista na qual vc gostaria de ser incluída... Pffff.





Sol Perfection



A KMS é uma das minhas marcas favoritas de produtos pra cabelos. Possivelmente a melhor que eu já experimentei. A linha é imensa, então obvio que nunca experimentei tudo, mas quando eu quero alguma coisa compro da KMS sem medo de ter uma decepção. Nunca aconteceu.

Aí um dia desses eu comprei o Sol Perfection Revival Reconstructor (leave in detangler for instant hair revival). É melhor do que eu esperava! Excelente! Recomendo. Não tira o volume, mas tira o frisado. Dá brilho (raridade) e fica macio. Perfeição!

E ainda tem um cheirinho gostoso e suave de côco (não, não é enjoativo). Maravilha! 

Comprei no Ebay. 

Nota: antes disso, gastei um pouco com porcarias nacionais. Não valeu a pena, e agora tenho uma certa quantidade de cremes pra jogar no lixo (e algum dinheiro que já foi jogado fora). Muito melhor fazer logo uma compra segura e certa de coisa boa - achei que eu já tinha aprendido isso. :(

quarta-feira, 11 de março de 2009

Notas perfumadas


Sempre leio Notas Perfumadas e fico curiosíssima pra sentir os perfumes que ele elogia. Um dia desses foram comentadas várias fragrâncias da Parfums des Beaux Arts.

Fiquei curiosa como sempre e fui checar no site.

Difícil comprar só pela descrição? Olha só: "yes, we can ship to Brazil no problem. If you choose to order just sample packs your shipping will even be free! Please let us know if you have any further questions". Que simpático! :D

Já tá na lista! Quem experimentar primeiro faça o favor de comentar ;)

Related Posts with Thumbnails