COMUNICADO

Oi gente!

É provável que vcs notem que em alguns posts do blog há fotos que não aparecem ou não abrem ampliadas em outra janela. Nós tivemos problemas com a hospedagem dessas imagens, por isso algumas foram perdidas.
Já estamos trabalhando a fim de recuperá-las (temos backup, ainda bem!). O processo levará algum tempo, mas vai dar tudo certo.
Agradecemos pelo apoio recebido até o momento, e contamos com a compreensão de vcs. <3

quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Série Corretivos: Lápis Corretivo Maybelline


Comprei num desses dias que eu passei na farmácia e cismei de comprar um presentinho (merecido, claro!) pra mim mesma. Peguei na mão a base mousse, ou blush mousse da Maybelline... Mas o dinheiro tava curto e eu achei que, naquela hora, era melhor gastar só uns 15 contos nesse corretivo que eu obviamente não precisava.

E já que eu comprei, vou contar aqui como ele é, pro caso de vocês também estarem de flerte com esse corretivo.

Li algumas resenhas em outros blogs elogiando muito, mas dizendo que ele não é muito bom pra usar nas olheiras. Bom, achei até que é bonzinho pra isso, sim. Dá conta. Não é ruim. Não é maravilhoso também. É mais ou menos. Tipo assim: “serve”.

A cor que eu comprei foi ‘médio’, porque o claro era super claro pra valer, impossível pra mim. O médio ficou ainda um pouco claro (!!!!!). Isso é bom pras gasparzinhas, mas pras morenas é o fim da picada. Esquece, não vai ter cor pra morena, não no Brasil, acho. Não sei quais cores estão disponíveis aqui, porque o website brasileiro nem tem nada! É uma porcaria, não entendo por que motivo, mas não dá pra saber o que tem disponível no Brasil. Muito esquisito.





A aplicação não é das mais confortáveis, porque ele é do tipo sequinho, mais duro. Bom pra peles oleosas, suponho, mas não é nenhuma coisa fofa deliciosa de espalhar.

A cobertura é boa, mas como ele é mais durinho, não fica invisível. Já vi outros muito melhores e mais discretos.

Não migra, e segura bastante. Disso eu gostei, ele permanece bastante tempo na pele sem aparecer a olheira depois de algumas horas, como acontece com alguns corretivos que parece que somem de repente do rosto e quando a gente olha no espelho pensa: “mas onde raios foi parar o corretivo que eu passei?”

Fora a durabilidade, não encontrei muitas vantagens nesse corretivo. É melhor que vários, e pior que outros tantos. Ta no meio do caminho. Então, não sendo de se jogar fora, acho que vale a pena experimentar, porque a gente sabe como é isso, né, o que é bom pra uma, às vezes não é bom pra outra, e assim vai. Ou seja: ele não é um corretivo vagabundo que engana quem compra; ele é honesto, vale ser experimentado, se a expectativa não for alta.


PS: Outro post da Re by proxy. ;-)

2 comentários:

Carlinha Salgueiro disse... [Responder comentário]

Eu sempre tive medo desdes corretivos em bastão, aliás da base em bastão, do blush em bastão...
Estou achando interessante ler estas resenhas. Pelo menos nem é o fim da picada.
Beijinhos!

larissa disse... [Responder comentário]

só eu axei decepcionante a embalagem...muito feia...cara de coisa barata que vc compra no camelo... :/ deram mole...

Related Posts with Thumbnails