COMUNICADO

Oi gente!

É provável que vcs notem que em alguns posts do blog há fotos que não aparecem ou não abrem ampliadas em outra janela. Nós tivemos problemas com a hospedagem dessas imagens, por isso algumas foram perdidas.
Já estamos trabalhando a fim de recuperá-las (temos backup, ainda bem!). O processo levará algum tempo, mas vai dar tudo certo.
Agradecemos pelo apoio recebido até o momento, e contamos com a compreensão de vcs. <3

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Série Pincéis: Coastal Scents Duo Fiber Stippling Brush


Imagem: Coastal Scents


Depois de algum tempo sem postar, porque a gente andava meio com a vida um pouco atrapalhada, vamos voltando à vida normal! Ufa! Ou quase, ta? Não estranhem se as respostas aos comentários demorarem um pouco, ainda estamos nos ajustes. Mas lá vem post!

Da série pincéis, eu não posso deixar de falar sobre uma ferramenta mais básica, que todo mundo já conhece. Mas de repente tem alguma novidade no que eu vou falar, talvez pra quem está começando a explorar esse mundo agora, ou até pra quem já tem esse pincel e não curtiu de cara e resolveu guardar no fundo da gaveta.

Claro que eu deveria estar falando sobre o MAC 187, mas eu não o tenho! Então vai a resenha do fake. rs

Mesmo não sendo igual ao da MAC, segundo dizem, eu duvido que seja possível alguém não achar uma utilidade pra ele. Dá pra odiar pra uma coisa e amar pra outra, sempre, porque esse pincel tem várias utilidades, e cada um gosta de um jeito.

Eu já tenho a versão da Coastal Scents desse pincel há um tempo, e também já experimentei de vários jeitos. Vou contar como eu gosto de usar. Não tenho um autêntico 187 da MAC, mas penso que deve ser bem parecido com esse que eu tenho da CS.

Mas aí, um cuidado. Tem muitas alternativas pra esse pincel da MAC, e eu já vi umas três ou quatro que não têm nada a ver com esse. As fibras não são fininhas e macias, e aí esquece. Não tem o mesmo tipo de desempenho, nem de longe.


Pra começar, eu gosto bastante de bases em creme. Acho que o acabamento delas fica melhor, apesar de a gente de cara pensar que base em creme é mais pesada que líquida. Acho que é muito mais fácil distribuir base em creme do que as líquidas. Elas são mais elásticas, apesar de mais consistentes. E o resultado, na minha opinião, é um acabamento muito mais sutil que o das bases líquidas. Claro que aí vai depender das fórmulas – tanto da líquida quanto da cremosa – que se está comparando, mas no geral quase tudo que eu experimentei se comporta assim. Líquidas, menos elasticidade; cremosas ou em bastão, mais elásticas.

Isso explica parcialmente por que eu não gosto desse pincel pra aplicar base. Com produtos mais densos, ele não funciona. Simples assim. Ele é muito leve, muito mole.

É isso que, na opinião de muita gente, dá o acabamento “aerado” quando se usa esse pincel pra aplicar base líquida. Durante um tempo, usei o tal do duo fiber pra isso. Geralmente eu não gosto, não. A menos que o produto que eu esteja usando seja muito líquido, mas muito muito aguadinho mesmo, com pouquíssima viscosidade, esse pincel não é a melhor coisa, não. Longe disso.

Líquidos pouco viscosos podem funcionar com ele, se a idéia é aplicar levemente, mas se não for, ele distribui mal o produto e acaba deixando muito em uns lugares, e pouco em outros. Tipo, ele não deixa acabamento bom onde a pele é mais irregular, marca os poros, etc. Sei lá, pra mim não funciona.

Eu sei que tem muita gente que vai discordar de mim nisso. Já li e vi no youtube muita gente dizendo que não existe coisa melhor pra aplicar base líquida que esse pincel, e... bom, ok, todo mundo tem que experimentar pra ver, né? Eu não gosto, e acho que tem vários pinceis muito melhores nessa função. Ele talvez funcione melhor com um certo tipo específico de base, e eu não me beneficio de um pincel que só serve pra um tipo preciso de consistência. Aliás, até me beneficiaria, se ele fosse super melhor que os outros pra aquele papel específico, mas nem é. Isso, estou dizendo, no caso de bases.

É muito possível - e até provável - que eu não goste desse pincel pra base, mas que o autêntico 187 da MAC seja mesmo bom. Pelo que eu li, eles são diferentes nesse sentido. Então quando eu tiver um eu conto, tá? Por enquanto, adianto só isso: o duo fiber da Coastal Scents, pra base, acho inútil.

Em todo caso, quem não tem um desses precisa ter. Precisa. Ponto. É básico. Se acontecer de ser amor eterno pra aplicar base, como é pra algumas pessoas, ótimo. Se não for, eu tenho certeza de que ele vai ser insubstituível em alguma outra função. Pra mim é. Assim:

Para blushes em pó ou cremosos
Os blushes mais pigmentados, se não se cuidar, deixam uma marca onde o pincel pousa pela primeira vez na pele, mesmo que a gente tire cuidadosamente o excesso do pincel antes. Aí o lindão do duo fiber chega e arrasa: a aplicação é leve, distribui bem, espalha sem marcar. Dá show, na minha opinião. Com os blushes em pó, é só dar uma encostada com as pontas das cerdas, bater bem pra cair o excesso, e aplicar. Não tem erro. Para os cremosos, encosto só a pontinha das cerdas no blush, e aplica. Uma delicinha.

Para bronzer
Rá! Acharam que eu não usava bronzer, né? Engano, eu uso, e até bastante. Com bastante freqüência, quero dizer, não em bastante quantidade.
O fato de esse pincel ser grande ajuda bem pra aplicar bronzer do jeito que eu uso, mas poderia até ser maior. Hmmm... Interessante. Uma versão 189 desse pincel? Uia! Rs Mas sério, eu não gosto de usar bronzer pra contornar, nada assim. Eu gosto dele suave, indefinido, imperceptível. Então, esse pincel é a maravilha. A aplicação é levíssima, e não concentra o pó num lugar só. Quando a gente quer que o pó pigmentado seja muito mas muuuito leve mesmo na pele, ele é O Pincel.

Para pós
Adoro! Pra finalizar a maquiagem, usar o pó com esse pincel é super bom e prático. Pelo simples motivo de ele ser leve, não mexer no que está embaixo, e você poder aplicar a quantidade que quiser: desde um montão de pó ou aquele tiquinho só nas áreas que precisa. E pode passar sem dó, porque o pincel não vai afetar as outras coisas que já estiverem ali na pele.

Para blush liquido
Mesmo motivo: ele não mexe no que está embaixo. Então, depois de aplicar base, pó, o que quer que seja, independente da ordem, quando a gente passa o blush líquido tende a causar um pequeno rebuliço na base que está embaixo, ou corretivo, ou o que quer que seja. Usando esse pincel isso não acontece. Já contei pra vocês que eu amo devotadamente o blush líquido do Boticário, né? Então. Passo uma pinceladinha (com o aplicador do blush mesmo) e imediatamente espalho com o duo fiber. Um lado de cada vez, e imediatamente, senão mancha, viu? Fica lindo e não perturba o sossego da base que já está lá colocada cuidadosamente no lugar preciso que eu quero que ela fique.

Maquiagem mineral
HEM?? Como assim, aplicar mineral com duo fiber? Pois é, dependendo de como for usar, a mineral fica muito melhor aplicada com ele. Explico.

Não sei como vocês usam bases minerais, tem trocentos modos, né? Mas eu tenho aflição do efeito da base mineral no meu rosto, se for aplicada em quantidade maior que um sopro. Em algumas áreas, eu concentro mais da base mineral, mas se passar assim no rosto todo com kabuki, eu acho que o resultado, em vez de ficar natural, fica o oposto: artificial demais. Isso porque os kabukis ou os pincéis ‘flat top’ pegam mais quantidade do pó, eles estão aí pra isso mesmo, além de ir massageando e fundindo a base mineral à pele. Fora o jeitão artificial que a minerais dão, se em excesso, elas às vezes ressecam minha pele e/ou (mais ‘e’ do que ‘ou’) me dão um monte de cravinhos no nariz e no queixo. Uso pouco (em freqüência e em quantidade).

É por isso que, fora nas áreas onde eu preciso de cobertura extra (manchas), eu uso a base mineral, se uso, em quantidade MUITO pequena. Mas como faz pra distribuir um tiquinho de pó no rosto todo? Com o duo fiber! Faço isso: ponho um pouquinho nas pontas das cerdas do duo fiber, bato pra tirar o excesso, e espalho no rosto, levemente. DEPOIS eu venho com um pincel denso e redondo tipo kabuki pra depositar a base na pele. Assim evito excessos, porque mineral também tem isso: se colocar um pouco demais em algum lugar, depois pra espalhar e distribuir direito é um suplício – se é que é possível! Fazendo assim é bem mais difícil errar.

Iluminador
Nesse caso acho que um do tipo 188 é melhor, mas eu não uso iluminador, sei lá. Até queria... Um dia eu tomo coragem rs. Mas muita gente gosta de usar pra iluminador, pra MSF (ou equivalentes)... É, gentem, eu também não tenho um MSF pra chamar de meu. To sempre flertando com eles, mas sei lá... rs Nesse caso eu nem posso afirmar por experiência, mas quem usa diz que é legal.

Para blushes mais marcados e iluminadores, eu penso que os do tipo 188 seriam melhores. Eu gosto de pincel menor pra blush, e quem também tiver essa preferência pode investir em um desses também (e não fazer que nem eu que enrolo, enrolo, e nunca comprei um pra mim). [Nota: esse post foi escrito antes de eu saber que ganhei um de aniversário da fofa da Milena. Hehe Ainda não ta comigo, mas já ta lá de presente pra mim. Obaaaaaaaaaaaa!]


Então é isso. Acho que não esgotei o assunto sobre o duo fiber, porque, como eu disse, ele tem mil e uma utilidades, e com certeza alguém tem algum uso diferente, ou detesta usar pras mesmas coisas que eu gosto, ou ama pras coisas que eu não curto. De todo modo, é um pincel que, penso eu, é impossível alguém dizer que não ama pra alguma coisa – mesmo que a preferência de cada uma varie. Fora que eu to falando do da Coastal Scents,que é um que muita gente tem e curte, mas que dizem que é diferente do da MAC. 

Se alguém aí tiver os dois, e quiser explicar pra nós em que eles são diferentes, será ótimo!

:)




28 comentários:

Dáfni disse... [Responder comentário]

Renata,

Eu acho (acho porque não estou com ele aqui e não posso ver o número) que tenho a versão para viagem dele.

Eu também não curti ele pra usar com base líquida (as que eu prefiro), mas não tentei com a Studio Fix e nem com blush. Estava achando-o inútil até ver seu post!

Da próxima vez, vou usá-lo com uma destas funções!

Beijos

Glorinha.Lima disse... [Responder comentário]

ele me da um certo nervoso com base liquida,ate ajeitar eu fico procurando as listrinhas onde a base passou rsrsrsrs
tava jogado la.
acho q num sei usar esse troco nao
bj

Carlinha Salgueiro disse... [Responder comentário]

Re (e Mi) também, eu ando lendo tudo, mas nem sempre comento, mas saibam que adoro ler vocês duas!
Enfim, primeiro parabéns para Renata, muitas felicidades e makes por aí... Hoje quem faz niver sou eu!
Será que a Re é de peixes também! Nem avisou...

Sobre duo fiber, o PRECISA foi bem enfático. Acho que sou a única blogueira que acha que tem todos os pincéis sem ter um duo fiber.

É que sempre pensei em aplicação de base, coisa que não uso, só os proteteres tintos - base mineral só tenho a da Contém 1 g e assino embaixo de tudo que você falou sobre!

Acho que em 2010 vou reavaliar esta minha condição de não proprietária de um duo fiber e ser feliz!

Beijos!

Dany Ribeiro disse... [Responder comentário]

Também acho que esse é O pincel, e tbm não consegui usar com base líquida.

Adoro usá-lo pra espalhar o bronzer, a cor fica beeem espalhada mesmo...

=)

Anônimo disse... [Responder comentário]

Eu gosto muito desse pincel, inclusive com base líquida. Mas pra pegar o jeito demorei um pouco. Primeiro você posiciona a pontnha das cerdas brancas numa pocinha de base (eu uso um pote vazio de dream matte da mabellyne, onde, inclusive, faço as minhas misturebas de cores, marcas, coloco hidratante, protetor solar, etc.). Com só a pontinha das cerdas brancas meio sujas de base, eu salpico base no rosto todo. Somente depois é que vou espalhando a base no rosto em movimentos circulares. Eu tenho a pele bem complicada, com muitos poros e algumas cicatrizes, e não os sinto realçados com este pincel.

Bianca disse... [Responder comentário]

Renata, mostra seu duo fiber novo pra gente!!!!!!!!!
huahauhahauhua

Adorei o post, muito bom mesmo!!!!

Mas eu ainda estou em dúvida em qual função vou usar o meu duo fiber da CS... muita dúvida...

Beijos

Zica disse... [Responder comentário]

Renata,

estou adorando estes posts de pincéis.

Eu tenho o 187 da sigma - vem naquele kit grande- e gosto muito.

Uso com o studio fix e gosto muito do acabamento. Vou experimentar com o blush líquido, mas aí acho que teria que comprar outro pincel para não misturar...

Como alguém falou ali em cima é ótimo para quem tem imperfeições "em 3D", tipo poros e cicatrizes.
Acho que disfarça as minhas cicatrizes de acne quando aplico pó com este pincel.

beijos e até mais!

Rane disse... [Responder comentário]

olha gente, eu tenho o duo fiber "wannabe" da boticario e um do kit travel da sigma...e assim, o da sigma que realmente é feito de fibras opticas e um pouco menor e é OTIMO pra iluminador e blush...mesmo que vc não queira o efeito fica super leve e natural.Já pra aplicar base não gosto muito dele não...agora o do boticario é sim OTIMO pra aplicar base, na minha opinião.Por ele ser de cerdas sinteticas, que são um pouquinho mais "durinhas" do que o duo fiber normal e um pouco mais densas tb, mas mesmo assim ter cerdas de tamanhos diferentes dá um efeito lindo de airbrush no make.E o melhor desse pincel, é que basta passar em alguma boticario que dá pra encontrar!
bjs Rê adoro seus posts e os da Milena tb!!

Renata disse... [Responder comentário]

Dafni e Glorinha, Carlinha, tentem com bronzer. É o melhor!!!

Carlinha, parabéns!! :D Tava sumidinha, né? Comemora muito! Mas... Peixes? Nããão, sou Aquário! :D

Dany, o seu é o da CS ou o da MAC mesmo?

Bianca, vai tentando, o negócio é experimentar. A graça é essa , inclusive - menos quando não dá certo e a gente tem que tirar tudo hahaha. Mas eu experimento todos os meus pincéis com vários tipos de produtos diferentes, ás vezes a gente não dá valor e tem um tesouro na mão.

O pincel novo eu mostro quando chegar, a Mi já comprou e só me contou que era meu presente porque eu sou curiosa e não deixei ela em paz até ela me contar, é o 188 da Sigma, mas ainda não encontrei pessoalmente com ela. Depois eu falo dele, quando o tiver em mãos, tá? ;)

Zica, com poros ele se dá muito mal, na minha pele. Mas pode ser porque é diferente do da Sigma (o meu é da CS). Prefiro pincéis bem firmes pra bases líquidas ou em creme. Mas pra pós, acho mara!!! Também disfarça os poros, quando aplica pó HD. :D

Rane, o duo fiber do Botica eu já vi, a Milena tem. As cerdas são durinhas, sim, mas acho que não são muito densas, achei muito esparsas, e arranham um pouco. Pra mim, não deu. :( Pena, porque é fácil de achar, como vc disse, e não é muito caro. Dia desses vou na MAC só pra fuçar como é o 187 original. hahah Vai que é muito diferente do da CS... Dizem que é mais firme um pouco, mas acho que não do mesmo tipo de cerdas que esse do botica. As cerdas do botica são mais durinhas, né?

Rane, legal que vc gosta.

Logo vem o próximo da série pincéis, que não é pincel. A Beauty Blender, que só pra adiantar: to amando, apaixonada, perdida, rendida, devota. :D

bjs

Angela disse... [Responder comentário]

Re

Este é o duo fiber que eu amei???

Renata disse... [Responder comentário]

É. Assim, é e não é. rs Eu encomendei um numa compra que eu fiz em outra loja, pra você, mas não é igual. Tentei... rs

Acho que é mais negócio comprar da CS mesmo, ou, se quiser gastar um pouco mais, da Sigma. Talvez vc goste mais desse da Coastal Scents mesmo, pra po, que é beeem macio.

bjs!

Carol disse... [Responder comentário]

Tenho o original da Mac, mas não sabia das mil e 1 utilidades!
Adorei o seu blog!

www.princessprincy.blogspot.com

Renata disse... [Responder comentário]

Carol, vc usa o seu originalzão pra que função? Contaaaa! :D

bjs

Milena disse... [Responder comentário]

OK, posso ser chata? rs
Não editei o post pra não "sujar" o conteúdo, e fiquei pensando se deveria escrever aqui o que eu acho... Mas eu tenho uma birra danada com esse pincel!!

A Re sabe do meu desafeto. E ela escreveu um post todo bonito, sacanagem eu entrar pra discordar, né? :/
Mas sei lá, vai que alguém que tem a mesma dificuldade que eu tá lendo, e se achando um ET porque não tem/usa um duo fiber.

Se tiver alguém aí que não entende todo o hype e não consegue achar uso pro duo fiber, não se desespere: eu tb não consigo, hahaha.

Eu até tento, mas em mim ele sempre fica aquém do que o esperado.

Já usei o da Re, tenho o do Boticário, e tenho um terceiro diferente desses dois.

Não consigo usar pra pó (pra finalização e fixação da maquiagem) porque acho que o pó fica "flutuando" e não se agarra à pele. Na hora fica lindo, mas meia hora depois eu tô toda brilhando, o pó já foi embora.

Pra base, eu acho MUITO ruim. Além do mesmo problema (o produto se fixa pouco, a base fica "migrando"), acho que a aparência fica super pesada.
Ao cobrir o rosto usando esse "pontos" de base, eu acabo ficando com uma camada muito mais grossa do que preciso.
Com esponja úmida ou um pincel sintético denso, eu consigo uma cobertura mais fina, mais natural e que dura mais.

A única coisa para a qual eu acho ele excelente, é para aplicar blushes muito pigmentados. Mas só em pó.
Quando o blush é em creme, eu sinto o mesmo problema na fixação, e tb há falta de controle. Como o pincel é mole e não adianta tentar usar pressão, a aplicação do blush em creme não fica precisa.

Então, assim: eu hoje desisti de correr atrás de um pincel desses. rs

Dos que eu experimentei:

- O da Coastal é legal e o mais macio (e o mais barato), mas solta MUITAS cerdas e isso me tira do sério.

- O do Boticário... Nhé. Não é ruim, mas eu não tenho uso pra ele.

- O meu outro é chinês. As fibras brancas são mais numerosas e espessas que o da CS, e por isso ele aplica um pouco mais de pó, com um pouco mais de precisão. Suponho que seja mais parecido com os da Sigma.

Milena disse... [Responder comentário]

Re, desculpa fazer a advogada do diabo... :/

Lembra que eu sou sua amiga e vou te dar o 188, hehehe. :-*

Taty_gostosona disse... [Responder comentário]

Oi Renata!
Eu não tenho o dual fiber da MAC, mas posso falar do da CS (tenho o rosa e o do cabo preto) e o da Sigma.

Bem, os na CS dão pra quebrar um galho, mas nem se comparam ao da Sigma. As cerdas caem todas as vezes que eu os utilizo (já lavei mais de 4 vezes). Logo, logo ficarão carecas! kkkk
Já o da Sigma é perfeito. Mais firme, denso e não propenso ao suicídio!
Eu tenho praticamente todos os pincéis da CS: alguns são muuuito bons, outros péssimos, mas o preço bem mais acessível é o que atrai, além de que mesmo os pincéis ruins são melhores que os da Contém 1g ou Boticário.

O kit tradicional da Sigma com 12 pincéis é maravilhoso, e eu o recomendo a todos: nunca vi um pincel para pó mais denso e macio que o deles, e o de esfumar vem em 2 tamanhos também perfeitos.
Vocês viram o kit novo da Sigma com 15 NOVOs pincéis: Sigma Makeup Premium Professional Kit???
Tem um destes que é um dual fiber arredondado que parece ser maravilhoso!!! Mas admito que só me encantei por 5 ou 6 pincéis dos 15.

Bem, acho que seria mais justo comparar o dual fiber da Siggma com o da Mac.
Beijos, Taty

Taty_gostosona disse... [Responder comentário]

Ainda sobre o dual fiber..
Para mim ele não é a 1a escolha na hora de aplicar base.
Amo o Synthetic Buffer Brush Large; Flat Mineral Bronzer Buffer Large; Pink Flat Top Bronzer Buffer Brush; e o Italian Badger Buffer Brush Large, todos da Coastal scents.
As cerdas são de um mesmo tamanho, mas eles são mais firmes e perfeitos pra aplicar base líquida, em creme ou mineral, além de pó, e blush (nesta função tira o marcado quando exageramos e deixa o esfumado lindo nas bochechas!).
O primeiro é de cerdas sintéticas e mais longas; o 2o e 3o só diferem a cor do cabo (são os que mais uso) e o 4o de cerdas naturais.

BEIJOS, Taty

Juliane disse... [Responder comentário]

Rá! Eu também não entendi a graça desses pincéis!

Comprei um kit da Sigma, testei todos e acabou sobrando ele por último... Sério, se a minha vida fosse um filme teria uns sons de grilos ao fundo...

Pra coisas em pó não gostei, eu achei que ele por ser mais "durinho" ele cutuca o pó e acaba esfarelando um pouco, sabe quando o estojinho fica cheio de pó? Eu odeio isso (sim, eu sou muito chata) e não vi tanta graça. Até pensei que ia poder usar o meu felice nas manhãs de sono, mas não vai rolar, continuou resultando em bolotas rosas, que por sinal esse pincél não esfuma nada bem. E eu não tenho nenhuma base líquida, mas acho que vou providenciar uma pra ver qual é, porque o fabuloso pincél tá encostado :P

No momento ele está encostado :p

Duda disse... [Responder comentário]

Ai Re, adoro seus posts, vc é bem específica nas opiniões e explicações.

Tenho o 187SE mas ainda não usei tanto a ponto de poder dar pitaco..

bjos

Renata disse... [Responder comentário]

Mi, eu às vezes fico meses com um pincel ou outra maquiagem encostada, ou experimentando, até achar alguma coisa que ela faz bem. (às vezes não acho, mesmo rs).

Esse pincel eu achava nhé, mas fui descobrindo que, justamente por ele ser tão diferente dos outros, tem algumas coisas que ele faz melhor que os outros.

Isso, lógico, falando do da CS. Mas o seu do botica e o chinês não têm nenhuma semelhança com esse da CS, e eu imagino que os da Sigma e da MAC sejam bem diferentes também. Inclusive comprei um da Adorned with Grace Minerals, um tipo 188 e um 187, tava barato e vinha dois, e eles são diferentes também do da CS. Não gostei, e tão aqui, inúteis.

Vamos ver quando chegar o meu da Sigma. Aliás, aproveita que ele tá aí com vc e experimenta. Explora ele um pouco, usa! Eu não ligo, não, sério! haha

Taty, obrigada pelas dicas. Eu to TÃO de olho nesse buffer da CS! (agora não lembro direito qual deles, mas é um desses que vc falou). [suspiro]

A Sigma... Bom, é como vc falou, eu fico sempre fascinada pelos pinccéis deles, até perceber que não tenho utilidade pra 80% dos pincéis que vêm nos kits, e que alguns dos pincéis que eu quero só vêm mesmo nesses kits. Fico emputecida e saio do site. Já fiz isso umas 249 vezes. Um dia eu compro algum, sei lá. Mas to querendo testar uns, individuais. O flat top, esse novo. Um dia desses, quem sabe... ;)

Juliane, não tenho pra comparar, mas pelo que tá todo mundo dizendo, o da Sigma é mais durinho que o da CS, então acho que por isso ele vai melhor com bases líquidas, coisa que o meu da CS não faz, e pior com pós, que o da CS faz bem. Ele não cutuca, ao contrário. Bronzer, pra mim, só com ele, que pega pouquíssimo e não marca na pele. :)

Duda, quando usar, dê seus pitacos aqui, a gente espera heheheeh

bjs!

Duda disse... [Responder comentário]

Re, por enquanto só testei o 187SE pra passar iluminador em pó solto e fiz uns testes com blush cremoso, e não achei aqueeeela maravilha.
Tô de olho numa Face and Body, quem sabe ele casa melhor com ela, pq não preciso de uma cobertura tão alta, gosto mais natural.
Fiquei curiosa a respeito do 188 que vc ganhou, tem resenha em breve?! Ou será que pra blush cremoso e iluminador o 130 é melhor? Ele lembra o Phylosophy Supernatural Airbrush que vc comentou há alguns posts atrás. Mas só testando né? rsrs
bjos

Renata disse... [Responder comentário]

Duda, eu nem sabia da existência desse 130!!!

AGORA eu quero um pincel da mac! rsrs

Cris disse... [Responder comentário]

Renata: Adorei o post! \*O*/
Mulher do céu! @_@ Foi seu aniversário?! Desculpe, não dei os parabéns, não sabia Ç_Ç Parabéns atrasado, desejo a você tudo que há de melhor! ;*

Costumo usar o duo mais para pós, só tenho um desses e acho que ele demora séculos para secar, por isso tenho a maior dó de usar para base líquida.
Ainda não peguei as manhas para aplicar blush em pó com ele, acabo usando aqueles pincéis clássicos de blush mesmo.
Aham! Taí o truque do blush líquido! Vou tentar! *O* O meu anda encostado por conta da massa corrida que estou tendo que passar nos últimos tempos Ç_Ç
Sobre maquiagem mineral, gosto de aplicar com ele e com o kabuki (só consegui mandar o kit quinta, desculpe).
Sobre o kabuki, é questão de manha na hora de passar para não pegar pó demais. Costumo usar um potinho ou a tampa de algo para dar uma sujadinha de nada com mineral e vou passando o kabuki, como ele tem muitos pelinhos, é bem denso e redondo, o pó fica super espalhado no pincel e fica bem leve na hora de aplicar. Fora que ele serve para tirar excessos do rosto.
Para as áreas que se concentra mais base, dá para passar apenas dando batidinhas com o kabuki.

Milena: Eu acho que quando se tem a pele oleosa, o duo fiber não serve para aplicar pó e afins porque não dura nada (pelo menos é o que uma amiga com pele bem oleosa reclama sempre), tente o kabuki, ele consegue aplicar de forma tanto de forma mais substancial, quanto levinha.

Duda disse... [Responder comentário]

Nada como atiçar o consumismo nas outras pessoas..
Re, eu quero vários da MAC!! Socorro!! rsrsrsrs

Milena disse... [Responder comentário]

Cris

Concordo com sua amiga.
Eu usava um kabuki, e hoje estou usando um sintético SUPER denso, que virou meu xodozinho. Acho que com o sintético dá pra controlar bem a quantidade de pó que se quer, e aí eu consigo uma aplicação que matifique sem deixar a aparência pesada. Tô curtindo mais que o kabuki de cerdas naturais, viu.

Renata disse... [Responder comentário]

Cris, quase que EU não lembrei do meu niver! haha Obrigada. Recebi o kit ontem, ameeeeeeei! Vc é muito fofa!!! :D Obrigada mesmo! :D

Duda, eu quero vários... Da mac, da sephora, da jane iridale, da bobbi brown, da........ rsrs

Ah, Mi e Cris, dia desses escrevo sobre o pincel de pó da ELF, é sintético, e é tããão legal!


bjs

vivireis disse... [Responder comentário]

Gente, amei esse documentário sobre pincéis! Sou caloura no ramo da maquiagem, mas aprendi de cara que um bom pincel faz A diferença na finalização de uma make. E agora com sua super detalhada descrição dos mimos fica fácil sair pra procurar meu pincel de base que tô louca pra adquirir!!
Obrigada!!! Sinceramente!!!!

Renata disse... [Responder comentário]

Oi, Vivi! Se tiver dúvidas, manda aí! A gente nem e´especialista nem tem pincéis tão poderosos quanto gostaria, mas acho que dá pra dar uns pitacos rs

bj

Related Posts with Thumbnails